You are currently browsing the category archive for the ‘palavras incomuns’ category.

medo
medo-mistério de criança assombrada
por fantasias de adultos

pressagia o futuro de logo, logo…
pressagia meus presságios.

você me dá medo.
medo bom; de acaso de poesia descoberta,
nervoso de desvendar coisas que nem mais lembrava que existiam:

as interseções inexplicáveis entre as pessoas
e a maneira como elas se encontram nesse mundo.